15 de abr de 2011

Abril é o mês do Jazz nos Estado Unidos !!!

O mês de abril nos Estados Unidos é comemorado por muitos músicos, colégios, faculdades, bibliotecas, salas de concerto, museus, estações de rádio e televisão como Mês de Apreciação do Jazz.


O Mês de Apreciação do Jazz é uma iniciativa do Museu Nacional da História Americana do Instituto Smithsoniano para chamar a atenção do público para as glórias do jazz como um tesouro tanto histórico quanto de vida.

O Mês de Apreciação do Jazz 2011 – o 10o aniversário – examina o legado das mulheres do jazz e de seus defensores, que ajudaram a transformar as relações sociais, de raça e gênero nos EUA na busca pela construção de uma nação mais justa e igualitária. As International Sweethearts of Rhythm, criada em 1937 na Escola Piney Woods no Mississippi, será o foco do do lançamento de sessões de jazz. As International Sweethearts of Rhythm ganharam reconhecimento mundial como a primeira grande banda feminina integrada.
Criada em 1937 na Escola Piney Woods, as participantes da banda eram estudantes, de 14 anos e mais, que pagaram por sua educação fazendo apresentações como banda de jazz para ajudar a promover e manter a escola que passava por problemas financeiros. Viajando por todo o país em um ônibus de turismo personalizado, chamado Big Bertha, as Sweethearts se apresentaram em igrejas, feiras estaduais, salões de baile e cívicos e mais tarde em locais de entretenimento como o Teatro Howard e o Apollo, com recordes de bilheteria.

As Sweethearts sofreram duplo preconceito, de gênero e de raça, e fizeram sucesso durante um período da história em que muitos negros sulistas viviam numa escravidão sem correntes e as mulheres eram cidadãs de segunda classe.

A banda tocou nos concursos Battle of the Band competindo com bandas lideradas por Fletcher Henderson e Earl Fatha Hines, driblou a Jim Crow South (legislação americana que pregava a segregação racial) com as participantes brancas da banda disfarçadas de minorias e viajou ao exterior para as atividades da USO (organização que leva aos campos de batalha atividades de entretenimento para animar as tropas americanas) durante a II Guerra Mundial, quando as apresentações integradas eram um tabu. As participantes originais da banda saíram de uma escola com legado de excelência e superação de dificuldades.

Saiba mais sobre jazz no site do Smithsonian dedicado às artes: http://www.smithsonianjazz.org/
Fonte: Embaixada Missão Diplomatica dos Estados Unidos No Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário