29 de out de 2009

A SAMSUNG LANÇA O ECO FONE (Blue Earth)





O Blue Earth é uma solução diferenciada e inovadora para um consumidor cada vez mais consciente e preocupado com o meio ambiente. Hardware e software totalmente pensados para integrar as mais modernas funcionalidades sem agredir o ecossistema em que vivemos

Com design arrojado e tela sensível ao toque de 3 polegadas, o aparelho é feito a partir de garrafas pet recicladas. Ele ainda possui um painel solar na parte de trás que, ao deixá-lo ao sol ou a luz amarela por uma hora, recarrega sua bateria suficiente para 16 minutos de conversação.


Para manter a aura verde, o Blue Earth vem com alguns programinhas bacanas. Enquanto você caminha, ele conta seus passos, calcula a quantidade de gás carbônico que você deixa de emitir ao não sair de carro e quantas árvores estão sendo poupadas. O eco-fone da Samsung ainda possui câmera de 3 megapixels, Wi-Fi, Bluetooth, 3G e GPS e chega no Brasil por um custo de mais ou menos R$ 949.

26 de out de 2009

PENSE !!! THINK ... BEBORDERLESS




Suficiente!

Por que eu deveria pertencer a um lugar, ou á qualquer coisa, para fazer um alguem se sentir mais seguro?
Por que nos importamos com oque os outros pensam? Por que é tão difícil de sermos nós mesmos?
Por que as opiniões de outras pessoas inibem a nossa auto-expressão? Por que nós nos mantemos a volta de viver a vida dos que se destinam a viver? Por que é que vamos colocar a liberdade em uma caixa? Porque é que o espírito esqueceu de ser livre? Por quê?
Porque as pessoas precisam ter conforto ,ter uma definição, uma nacionalidade, uma religião, uma razão, uma explicação, uma resposta curta, um movimento, uma rede, uma ONG ...
Vamos pensar de forma diferente. Vamos restaurar a nossa coragem de viver uma vida autêntica!
BE (ing) BORDERLESS A resposta: BE (ing) sem fronteiras. É simples. Tudo que você tem que fazer é acreditar em seus sonhos, seus objetivos, suas ambições, e finalmente, na sua própria individualidade. Seja (ing) sem margem significa derramamento das definições e das expectativas a esse limite, define-se o você. Viva a sua vida fiel a si mesmo. Não é fácil. Às vezes, as coisas mais simples são as mais difíceis de conseguir. Está fazendo nada de grande e inestimável fácil? À primeira vista, esta mensagem pode parecer demasiado idealista. Demasiado geral. Mas, indiscutivelmente, deve agitar-lo em uma nova direção para se sentir mais livre! Fazemos o que achamos que devemos fazer. Fazemos coisas que estão fora do caráter para que possamos chamar-nos parte de um grupo. Ironicamente, a resposta a estas pressões sociais é sucumbir as tendências e criar uma comunidade mais anti-social. Muito frequentemente, esse acordo coloca nos na parede. Não deixe-se ser escravo destas tendências e, portanto, tornar-se anti-social.
Você não tem que ser o melhor, mas sim ,ser honesto. Você não tem de ser querido por todos, mas sim ser único. Você não tem que ser importante, mas você é uma peça importante do quebra-cabeça. Se você acha que é mais fácil ficar de fora e julgar os outros,não é. Por que alguém ou o juiz que não é exatamente como você? Porque generalizar e colocar as pessoas em grupos antes mesmo de conhecê-los? Suspenda o julgamento!
A Criação de metas geralmente não é fácil. Pelo contrário, o foco em seu objetivo e o que você precisa para atingir seus resultados. Tentar não significa permanecer no mesmo local e as frustrações e a inércia podem deixar uma dor invejosa e cínica.
A fim de conseguir alguma coisa, você deve pelo menos tentar. Essa é a linha de fundo. No final, você irá ver o retrato grande de uma vida positiva. Não será apenas "chegar a você" se você não tentar! A transformação pessoal, A Global Change A grande questão: O preconceito, a guerra, os julgamentos, a exploração, a injustiça. Por quê? Por que nos esquecemos o significado da pura e essencial? Por que é tão difícil de fazer coisas para os outros e ajudar a trazer felicidade,,, não espere nada em troca! Faça a sua parte e de a vida uma solução. Se você se identifica com essa mensagem e você quer fazer algo diferente, esta é uma oportunidade para abraçar esta ação.
Você não precisa de ninguém para lhe dizer o que fazer. não é por isso que eu estou escrevendo isso.
Este texto é sobre a criação de um espírito positivo. Esta é sobre pôr adiante o esforço.
Faça um esforço para evoluir. Esta mudança é sobre inspirar-nos motivando todos a ser melhor.
Abra sua mente e começe a viver a sua vida! Agora deve ser fácil ser BORDERLESS ™.
Seja (ing) sem margem significa dar o seu espírito de corpo "," um corpo poderoso. Com um espírito puro e um corpo forte "que podemos alcançar coisas enormes! Eu sou um exemplo vivo disso e ainda não estou pronto. O melhor ainda está para vir!

video

25 de out de 2009

Rikk Agnew no BRASIL...


RIKK AGNEW

A Lenda Viva do movimento Punk Californiano ! Agora pela 1ª vez no Brasil.








http://www.myspace.com/therikkagnew





21 de out de 2009

Um Visionário Contemporãneo das causas Sócio Ambientais...




Batendo um Papo com o Professor Augustin , um visionário contemporãneo das questões sócio ambientais.




1 - O Futuro das Fontes de Energia e suas ações sobre o meio ambiente no Brasil e No Mundo.


O assunto energia e meio ambiente é o pão nosso de cada dia na imprensa, nos congressos, na ONU, nos governos ...........Isto significa chover no molhado quando se menciona este assunto.Tentarei dar um resumo do que, em minha visão, deveria ser realizado para permitir a sobrevida decente de nossos filhos e netos: O assunto é a variação climática que prevê com relativa certeza um aumento significativo de temperatura até 2100, com continuidade do processo após esta data. O aquecimento médio da atmosfera, se ultrapassar 4 graus, resultará num novo estado de equilíbrio que levará ao desenvolvimento de uma nova natureza, alteração de tudo que conhecemos e provavel redução da quantidade de seres humanos presentes na superfície terrestre.Em minha opinião, aceitando a dos estudiosos do clima, isto só poderá ser evitado se pudermos reduzir as emissões dos gases estufa (CO2 + CH4) em cerca de 80%. Com esta redução a natureza poderá iniciar o caminho para a redução do atual excesso de gases estufa presentes na atmosfera, iniciando o caminho para a inflexão da curva, atualmente ainda crescente,da temperatura atmosférica.E uma redução de 80% será uma revolução em nosso modo de vida. Mas é um alvo simples de ser realizado se aceitarmos uma pequena redução do conforto e bem estar ao qual a civilização industrial nos proporcionou nos últimos 100 anos. O problema é o fato de que sermos obrigados a aceitar o processo de um aperto de cinto, levando-nos a desistir momentaneamente de parte do muito pelo qual tanto nos esforçamos nos últimos anos. A discussão da aceitação é tão envolvente e grave que nenhum político ousa mencionar um momentâneo retrocesso de nossas excessívas riquezas pessoais. Só se fala em gerar novas e limpas fontes de energia, nunca mencionando que para que elas façam sua obrigação, (reduztr das emissóes dos gases estufa), nossa demanda de serviços e produtos precisa ser repensada seria e rapidamentemente. E, segundo a ONU, se isto não acontecer no decorrer dos próximos 7 anos, dificilmente poderemos retroagir o processo do aquecimento. Nossos filhos e netos muito provavelmente não terão a chance de conhecer as maravilhas do planeta como as ainda vivenciamos hoje.


2 - Energias Alternativas uma questão que deve ser levada a sério, 2.1 - Quais o melhores caminhos e os menores custos para sua implantação?Sem dúvida, a redução da demanda por bens por parte da sociedade. Que tal ir de bicicleta, ir a pé, comer muito menos carne (os bois geram quantidade enorme de metano,o CH4, 21 vezes mais poderoso do que o CO2 no aquecimento atmosférico), reduzir o aquecimemto dos lares nos países nórdicos e desligar o ar condidionado e, e, e, as respostas ou sugestões estão nos jornais diariamente..




3 - A Privatização da CESP um bem para São Paulo ou um grande erro para todos nós no Futuro?.Não tenho visão política suficiente para a análise solicitada.




4 - Como Concientizar o povo e os jovens para que no futuro não nos falte energia. Nada como falar com eles. Eles são seres maravilhosos e aceitam boas e interesantes idéias. Mas, muito mais importante: Nossos dirigentes, que incluem os pais, devem dar o exemplo. Começar a ir aos ministérios de bicicleta, vender seus Iates, usar roupas com menos grife, reduzir seus ricos churrascos, consumir menos e etc. Vale o mesmo para nossas lideranças sociais, econômicas,culturais e religiosas. Tenho a mais absoluta certeza que em muito menos do que 7 anos teremos encaminhado o problema se o vier de cima. É facil demais resolver o atual estado da natureza e da atmosfera. A inteligência e perspicácia do ser humano tem tudo para garantir nossa saudavel permanência neste tão lindo planeta por outros milhares de anos.




Augustin T.Woelz


Coordenador da Sociedade do Sol http://www.sociedadedosol.org.br/

16 de out de 2009

VERDURADA ! Agora no Inferno ...


VERDURADA DE OUTUBRO17/10/2009 – NO INFERNO!!! A Verdurada derrapa mas não breca! Depois de grande expectativa sobre o futuro da Verdurada, o evento volta no dia 17 de outubro (sábado), desta vez num local diferente, o Inferno. Não literalmente. Estamos falando da casa de shows Inferno, na Rua Augusta – 501.


O QUE É A VERDURADA?O Coletivo Verdurada é o responsável pela organização do evento realizado em São Paulo desde 1996. Ele consiste na apresentação de banda (especialmente de hardcore, mas o palco é aberto a outros gêneros) e palestras sobre assuntos políticos, além de oficinas, debates, exposição de vídeos e de arte de conteúdo político e divergente. No final é distribuído um jantar totalmente vegetariano.Este é o mais antigo e talvez o mais importante evento do calendário faça-você-mesmo brasileiro. Isso quer dizer que a organização é totalmente feita pela própria comunidade hardcore-punk-straightedge de São Paulo, que se encarrega tanto do contato com as bandas e palestrantes, quanto da locação do espaço, contratação das equipes de som e divulgação. Tudo sem fins lucrativos ou patrocínios de empresas. A renda é destinada a cobrir os custos e colaborar com atividades e iniciativas realizadas, ou apoiadas pelo coletivo.Os objetivos de quem organiza a verdurada são basicamente dois: mostrar que se pode fazer com sucesso eventos sem o patrocínio de grandes empresas e sem divulgação paga na mídia e levar até o público a música feita pela juventude e as idéias e opiniões de pensadores e ativistas divergentes.

No que diz respeito às bandas, os grandes acontecimentos desta vez serão o retorno triunfal do Bandanos ao Brasil, após sua primeira turnê européia, e a esperada visita a São Paulo das sensações do punk rock nordestino Renegades of Punk e Mahatma Gangue, ambas mostrando mais uma vez por que estão dizendo por aí que o nordeste tem a melhor cena punk/hardcore do País atualmente. Além deles, teremos os reis do grindcore nacional, D.E.R., que promete mais um show memorável, e a promessa do hardcore old school, Ralph Macchio.Também será exibido o documentário “Steal This Film”, que aborda a guerra entre os defensores do compartilhamento de arquivos pela internet, os chamados “piratas”, contra a indústria e os defensores da propriedade intelectual. Um filme crucial para uma época em que os políticos discutem como tirar sua liberdade online. Sobre o “novo” localComo muitos de vocês já devem saber, o antológico galpão do Jabaquara, onde o evento foi realizado entre 2001 e 2009, foi fechado pela prefeitura. Desalojados, passamos os últimos meses procurando um novo local, mais ou menos com as mesmas especificações, onde fosse possível realizar o evento sem abrir mão da qualidade ou dos princípios da Verdurada.Infelizmente, não conseguimos achar um lugar assim a tempo para a Verdurada de outubro. Para não deixar o público ou as bandas convidadas na mão, decidimos excepcionalmente realizar o evento na casa de shows Inferno, que topou abrir mão da venda de bebidas alcoólicas e não interferiu na nossa maneira de fazer as coisas. Pelo que vimos em outros shows do cenário hardcore feitos no Inferno nos últimos tempos, o Inferno não comprometerá em nada a qualidade ou o espírito da Verdurada. Ainda assim, por diversos motivos, continuamos procurando um local novo, que não seja uma casa de shows profissional e acomode bem o público e a organização do evento nos moldes do bom e velho galpão. Isso significa: capacidade para pelo menos 800 pessoas, ter cozinha ou equivalente, banheiros utilizáveis e localização próxima a alguma estação de metrô. Quem encontrar um local assim entrará de graça em todas as Verduradas realizadas por lá até o fim dos tempos. Contamos com a sua ajuda!Agora, vamos à programação!Sábado, 17 de outubro de 2009.Endereço – Inferno: Rua Augusta, 501.Horário: das 16h às 22h.Preço: R$8- Jantar VEGetariANO grátis e venda de material independente.- Por favor, sem cigarros e sem álcool.




15 de out de 2009

CLIMATE CHANGE

Faça parte você tambem desta Campanha!

http://www.youtube.com/watch?v=3CnIJ19EVMo
video

FESTIVAL LENDAS DO ARPOADOR










Nos dias 24 e 25 de outubro acontece no Arpoador um encontro histórico para a comunidade do surf. O encontro reúne os pioneiros da cultura surf no Rio de Janeiro, que plantaram a semente nas décadas de 50 e 60, tendo como berço o Arpex.
Esta galera começou surfando com pranchas conhecidas na época (anos 50) como “porta de igreja”. Depois, vieram as “madeirites” e, finalmente, as pranchas de fibra de vidro.
Este evento, que também teve o legend Daniel Sabá como um dos idealizadores, será uma bela e justa homenagem aos desbravadores que nos presentearam com esse esporte mágico, mudando o estilo de vida de várias gerações.
As presenças dos ilustres homenageados deste ano já estão confirmadas: Arduíno Colasanti, Irencyr Beltrão, Maria Helena, João Cristóvão, Heliana, Piuí, Mario Bração, Marcelo Rabello, Pauleti, Fabio Kerr, Maraca, Fernanda Guerra, João Cristóvão, Tito Rosemberg, Penho, Ceceu Pimentel e Betinho Lustosa.
Além do encontro que homenageia os pioneiros do surf carioca, também acontece um campeonato de Legends em duas modalidades: Pranchinha e Longboard, divididas em três categorias – Master, Pranchinha e Pranchão (45 a 50 anos); Legend, Pranchinha e Pranchão (51 em diante) e Super Legend Pranchão (56 em diante, apenas para convidados).
Haverá uma exposição com pranchas raras dos anos 60 apresentada pelo Museu de Surf de Cabo Frio e pelo Museu Monarca. Entre as raridades, nomes que marcaram a história do surf nestes 50 anos: Surfboards Hawaii, Hobie, São Conrado, Barlan, Hansen, Diffendenfer, Gordon & Smith e as madeirites.
A premiação distribui seis longboards Daniel Friedman, laminados pela empresa RT Glass; duas passagens para o Peru, kits da Redley para todos os finalistas e homenageados, bem como troféus de madeira pinho canadense (réplicas do Pranchão São Conrado) feitos à mão pelo artista Beto Eagle.
As inscrições devem ser feitas por intermédio da Feserj no valor de R$ 60 (sessenta reais) para todas as categorias. Serão 24 inscritos na categoria Master, 24 inscritos na categoria Legend e 16 inscritos na categoria Super Legend.
Para obter mais informações, ligue para a Feserj: (021) 2490-0754 / 8386-0231, falar com Simone.
O evento conta com o apoio das empresas Redley, Kenner, Guaraviton, Mustang 45, Pranchas Daniel Friedman, RT Glass, Mega Energia, Ryno Foam, Pranchas Marea, Ki Doguinho, Casa 2, Tripping Viagens e Turismo, site Waves.Terra e Governo do Estado do Rio de Janeiro e Feserj.
TEXTO E FOTOS: WADY MANSUR (FONTE DIVULGAÇÃO E PORTAL WAVES)

12 de out de 2009

DEUS MOTOCYCLES




Constituida por Dare Jennings ( fundador da marca Australiana de Surf Wear MAMBO) ,Hod Hunwick ( motociclista a viajante a mais de 20 anos ) e Carby Tuckwell (Desing gráfico ) a fabrica de motocicletas customisadas Deus se tornou referência no segmento.Deus é um tipo completamente diferente de empresa de moto. Com enfoque no design e construção de motos custom, Deus promove e celebra a cultura da motocicleta custom que apareceu pela primeira vez na Europa e América na década de 1940, que esta sendo recentemente revivido por grupos de jovens entusiastas no Japão, América e Austrália.





Assita o video!!!

video

11 de out de 2009

EU SEREI A HIENA

"Eu serei o foco,
eu serei a disseminação
eu serei a improbabilidade dos fatos
o quase zero de possibilidade
eu serei a fraqueza de caráter
eu serei o mesmo erro que se comete pela centésima vez
eu serei o sentimento de impotencia diante do espelho
eu serei todo o tempo perdido e irrecuperavel
eu serei a perda da inocencia pelo jeito mais difícil
eu serei a motivação de Raskholnikov
Eu Serei a Hiena."

video

Você Acreditam que integrantes do Ratos de Porão, Discarga, Dance of Days, O Inimigo, Tri Lambda, Good Intentions e Isosceles Kramer, juntos em uma única banda são capazes de criar uma banda de rock instrumental (com algumas músicas contando com participações especiais no vocal), Fala Sério ...!!! Isso é muito bom...
Som Na Caixa DJ... Eu serei a HIENA

10 de out de 2009

OPERAÇÃO PAPA PILHA...



O Instituto PRATA VIVA realizará no proximo domingo , dia 11 de outubro a segunda edição consecutiva do evento PAPA PILHA.


Sobre o evento e seu propósito.
Dar seqüência ao trabalho de conscientização ambiental que tem como principal
alvo, crianças e adolescentes da pré-escola ao primeiro grau. Partindo de uma
orientação objetiva com informações técnicas e históricas sobre os malefícios
causados por pilhas e baterias usadas quando descartadas no lixo comum ou
diretamente no solo.


O evento em sua segunda edição fomenta a " troca de pilhas e baterias usadas por bombons" é realizado pelo Instituto Prata Viva em parceria com o Programa Escola da Família, colaboração da Prefeitura Municipal de Águas da Prata,
apoio do Banco Real S.A (transporte e incineração), suporte das artesãs da
Feira de artesanato de Águas da Prata e da Industria de

Chocolates Bel de Marilia - SP.

9 de out de 2009

Dez Mandamentos Ambientais

Nossa espécie tem usado mais a capacidade de modificar o meio ambiente para piorar as coisas que para melhorar. Agora precisamos fazer o contrário, para nossa própria sobrevivência. Reveja seu dia-a-dia e tome as atitudes ecológicas que julgar mais corretas e adequadas. Não espere que alguém venha fazer isso por você. Faça você mesmo.




Os Dez Mandamentos Ambientais


1 - ESTABELEÇA PRINCÍPIOS AMBIENTALISTAS - Estabeleça compromissos, padrões ambientais que incluam metas possíveis de serem alcançadas.


2 - FAÇA UMA INVESTIGAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS - Verifique os recursos utilizados e o resíduo gerado. Confira se há desperdício de matéria-prima e até mesmo de esforço humano. A meta será encontrar meios para reduzir o uso de recursos e o desperdício.


3 - ESTABELEÇA UMA POLÍTICA ECOLÓGICA DE COMPRAS - Priorize a compra de produtos ambientalmente corretos. Existem certos produtos que não se degradam na natureza. Procure certificar-se, ao comprar estes produtos, de que são biodegradáveis. Procure por produtos que sejam mais duráveis, de melhor qualidade, recicláveis ou que possam ser reutilizáveis. Evite produtos descartáveis não reciclados como canetas, utensílios para consumo de alimentos, copos de papel, etc.


4 - INCENTIVE SEUS COLEGAS - Fale com todos a sua volta sobre a importância de agirem de forma ambientalmente correta. Sugira e participe de programas de incentivo como a nomeação periódica de um 'campeão ambiental' para aqueles que se destacam na busca de formas alternativas de combate ao desperdício e práticas poluentes.


5 - NÃO DESPERDICE - Ajude a implantar e participe da coleta seletiva de lixo. Você estará contribuindo para poupar os recursos naturais, aumentar a vida útil dos depósitos de lixo, diminuir a poluição. Investigue desperdício com energia e água. Localize e repare os vazamentos de torneiras. Desligue lâmpadas e equipamentos quando não estiver utilizando. Mantenha os filtros do sistema de ar-condicionado e ventilação sempre limpos para evitar desperdício de energia elétrica. Use os dois lados do papel, prefira o e-mail ao invés de imprimir cópias e guarde seus documentos em disquetes, substituindo o uso do papel ao máximo. Promova o uso de transporte alternativo ou solidário, como planejar um rodízio de automóveis para que as pessoas viajem juntas ou para que usem bicicletas, transporte público ou mesmo caminhem para o trabalho. Considere o trabalho à distância, quando apropriado, permitindo que funcionários trabalhem em suas casas pelo menos um dia na semana utilizando correio eletrônico, linhas extras de telefone e outras tecnologias de baixo custo para permitir que os funcionários se comuniquem de suas residências com o trabalho.


6 - EVITE POLUIR SEU MEIO AMBIENTE - Faça uma avaliação criteriosa e identifique as possibilidades de diminuir o uso de produtos tóxicos. Converse com fornecedores sobre alternativas para a substituição de solventes, tintas e outros produtos tóxicos. Faça um plano de descarte, incluindo até o que não aparenta ser prejudicial como pilhas e baterias, cartuchos de tintas de impressoras, etc. Faça a regulagem do motor dos veículos regularmente e mantenha a pressão dos pneus nos níveis recomendáveis. Assegure-se que o óleo dos veículos está sendo descartado da maneira correta pelos mecânicos.


7 – EVITE RISCOS - Verifique cuidadosamente todas as possibilidades de riscos de acidentes ambientais e tome a iniciativa ou participe do esforço para minimizar seus efeitos. Não espere acontecer um problema para só aí se preparar para resolver. Participe de treinamentos e da preparação para emergências.


8 - ANOTE SEUS RESULTADOS - Registre cuidadosamente suas metas ambientais e os resultados alcançados. Isso ajuda não só que você se mantenha estimulado como permite avaliar as vantagens das medidas ambientais adotadas.


9 – COMUNIQUE-SE - No caso de problemas que possam prejudicar seu vizinho ou outras pessoas, tome a iniciativa de informar em tempo hábil para que possam minimizar prejuízos. Busque manter uma atitude de diálogo com o outro.


10 - ARRANJE TEMPO PARA O TRABALHO VOLUNTÁRIO - Não adianta você ficar só estudando e conhecendo mais sobre a natureza. É preciso combinar estudo e reflexão com ação. Considere a possibilidade de dedicar uma parte do seu tempo, habilidade e talento para o trabalho voluntário ambiental a fim de fazer a diferença dando uma contribuição concreta e efetiva para a melhoria da vida do planeta. Você pode, por exemplo, cuidar de uma árvore, organizar e participar de mutirões ecológicos de limpeza e recuperação de ecossistemas e áreas de preservação degradados, resgatar e recuperar animais atingidos por acidentes ecológicos ou mesmo abandonados na rua, redigir um projeto que permita obter recursos para a manutenção de um parque ou mesmo para viabilizar uma solução para problema ambiental, fazer palestras em escolas, etc.

SKATE CHIPS - SKATEBORDING SAFE - a vintage Movie



SKATE CHIPS

Poncherello passa o episódio tentando convencer as crianças devem sair da rua e andar de skate em algum lugar seguro. Eventualmente, eles acabam levando as crianças para um skatepark, neste caso, SkaterCross.
A importancia do equipamento de segurança ,tambem é sutilmente tratada neste episodio...

Vale a pena assistir ... em português


7 de out de 2009

WHAT IS SUCCESS?

O Vocalista SPEECH da banda Arrested Development lança o livro What is Success!!!
SPEECH nasceu em Milwaukee. O filho mais novo de Robert e Patricia Thomas . Ele cresceu ouvindo as preocupações da comunidade negra e sentir o pulso da experiência negra. SPEECH apaixonou-se por música, ouvindo canções de Marvin Gaye, e The Spinners. Percebeu então o poder da música e da reacção da multidão, decidiu que queria usar esse poder para compartilhar mensagens de esperança, mudança e inspiração. Com essa missão, Speech mais tarde começaria um grupo chamado "Arrested Development. De origens humildes e rurais, Arrested Development tornou-se um marco de força e pioneirismo no mundo da música. O grupo ganhou seus primeiros dois Grammy Awards (Melhor novos artistas e melhores do rap 1993 single) com canções que escreveu e produziu ....". Eles lançaram um segundo álbum em 1994, "Zingalamaduni", que foi recebido com elogios da crítica e foi nomeado para um outro prêmio Grammy. O grupo entrou em hiato em 1995, que é quando o SPEECH começou a gravar algumas ranhuras experimental e interessante sobre o seu eu próprio. sua gravadora ouvido as obras pediu para ele liberar as músicas demo-primas com qualidade. Speech foi convidado para excursionar com o Vice President Al Gore ea primeira-dama Hillary Clinton durante as suas campanhas presidenciais, esta a experiência seria a primeira de muitas coisas por vir, incluindo passeios com os colegas de Grammy Award-winners Hootie & The Blowfish, Herbie Hancock, Chaka Khan , Youssou N'dour, James Brown, Parliament - Funkadelic, Jason Mraz, e The Roots. Além de turnês e o lançamento se seus próprios álbuns, Speech produziu músicas para a lendária Zap Mama, (de Spike Lee) trilha sonora Malcolm X e outros filmes como, Boomerang, Bebe's Kids, Guerreiros da Virtude "Whipped" e de Michael Jordan "para o Max "(Uma produção IMAX). Também foi premiado com o melhor álbum de música negra dos anos 2000 pela revista ADLIB.

O livro conta toda história da trajetória da banda , vale a pena conferir ...


,

video

6 de out de 2009

Técnologia Ozônio (O3) pode ser utilizado no combate do H1N1



Pesquisas científicas dos Estados Unidos, Alemanha, México e Rússia comprovam a eficiência do gás ozônio no combate a vírus e a outros micro-organismos, mas o mecanismo de geração e aplicação ainda é pouco conhecido. A BrasilOzônio, empresa instalada no Cietec – Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia(http://www.cietec.org.br/), oferece o sistema higienizador de ar BRO3-HA que com componentes 100% nacionais gera o ozônio a partir do ar ambiente deixando como único resíduo o próprio oxigênio que é totalmente ecológico.


De acordo com os especialistas em ozônio, a concentração e o tempo de aplicação da substância varia de acordo com o tamanho do local e o grau de contaminação existente. Além disso, afirmam informam que pela composição do gás, sua penetração ocorre em todas as áreas do ambiente incluindo tecidos, cantos, frisos entre outros, sendo muito mais eficaz que produtos líquidos. “Sua propriedade é de um germicida, capaz de inativar os vírus e micróbioso.

QUANDO UMA IDÉIA DAQUELAS PODE VIRAR UM DESASTRE !!!



O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, em mais de um seus momentos de inspiração andou por aí divulgando sua proposta para reverter uma das maiores barbaridades ambientais já feitas no Brasil. Recentemente, alguns jornais publicaram uma proposta de Minc para reduzir em 12 metros a profundidade do reservatório da hidrelétrica de Balbina, no Amazonas, para permitir a regeneração de mil quilômetros quadrados de floresta.

A usina de Balbina, que começou a ser construída na década de 1970 e foi inaugurada em 1989, alagou centenas de quilômetros quadrados de floresta amazônica e deslocou comunidades de índios Atroari que viviam em áreas hoje submersas. Isso tudo para ter uma capacidade baixa, próxima dos 250 MW, e para produzir, em média, 120 MW de energia para a cidade de Manaus. A situação foi ainda agravada pelo projeto mal feito que optou afogar as árvores em vez de cortá-las o que criou um verdadeiro cemitério aquático com centenas de estacas no meio da água e milhões de toneladas de emissão de metano.

Se para o ministro reduzir o lago parece ser uma boa alternativa à natureza, o caso não é tão simples. “Haverá uma recuperação, mas a área nunca será como a original. A abundância e composição das espécies, a complexidade de ecossistemas e relações tróficas jamais serão as mesmas. Recuperar é fácil, difícil é regenerar”, afirma biólogo Bruno Cascardo, chefe-adjunto da Reserva Biológica de Uatumã, criada no início dos anos 90 como uma das medidas de mitigação pelos impactos de Balbina. A unidade de conservação recebe hoje cerca de um milhão de reais referentes à compensação ambiental paga pela Amazonas Energia. Estudos feitos pelo Programa de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera da Amazônia (LBA), desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), podem esclarecer viabilidade de reduzir o tamalho do lago da hidrelétrica. Estes estudos avaliaram as emissões de metano e alternativas para reduzir os impactos ambientais da usina.

Metano nas turbinas

De acordo com cálculos feitos em 2005 pelo biólogo do LBA Alexandre Kemenes, as emissões de metano do lago e do rio abaixo da barragem somam o equivalente a 73 mil toneladas de carbono. Para comparação, esta quantidade equivale a entre 5 e 10% das emissões anuais com a queima de combustíveis fósseis na cidade de São Paulo. É bom destacar que o metano, devido a características moleculares que absorvem mais calor, é 25 vezes pior para o aquecimento global do que o dióxido de carbono, segundo o pesquisador.

Além disto, um modelo matemático desenvolvido pelo Kemenes indica que a redução de 12 metros no nível do lago inviabilizaria a produção de energia elétrica.Durante seu doutorado, Alexandre Kemenes navegou 4 mil quilômetros em um bote a motor (voadeira), equipado com um sonar para medir o fundo do lago da usina e desenvolver uma fórmula que relaciona o nível do reservatório com o tamanho do lago.

O pesquisador estimou o tamaho real do lago de Balbina em 2,6 mil quilômetros quadrados, na cota máxima da usina, 50 metros. Com a redução de 12 metros no nível d'água, a cota cairia para 38 metros, e sobrariam apenas 600 quilômetros quadrados de lago.

Durante os efeitos do fenômeno El Niño de 1997/1998, aquele mesmo que contribuiu para os incêndios em Roraima, a cota de Balbina chegou perto dos 40 metros (dois metros acima do que o pretendido pelo MMA). A usina parou. Para recuperar mil quilômetros quadrados de floresta, bastaria, na verdade, baixar o reservatório em três metros, segundo a fórmula elaborada por Alexandre Kemenes. Mesmo assim, não é uma idéia vista com simpatia pelo pesquisador. "Existem outros lugares com mil quilômetros quadrados de floresta para recuperar e que não geram energia", afirma.

Propaga-se pela região que Manaus poderá contar em breve com energia gerada pelo gás natural e com o Linhão de Tucuruí, portanto, vai depender ainda menos de Balbina. Mas o governo parece não aprender com o passado e outras usinas estão previstas para a Amazônia, além da ampliação dos gasodutos. Investimentos caros, com impactos sociais e ambientais. Para a Amazônia, resta a dúvida de saber o que é menos pior: insistir nas usinas já construídas ou em novos empreendimentos com impactos obscuros.

Kemenes tem outra proposta para Balbina, que poderia ser empregada em outras usinas hidrelétricas na Amazônia: aproveitar o metano que passa pelas turbinas para gerar energia. Balbina poderia ter sua capacidade dobrada com o aproveitamento do gás, segundo o cientista. Com a vantagem de não precisar abrir caminho na floresta para novas linhas de transmissão.

FONTE (O ECO)

3 de out de 2009

Vintage Movies


Filmado em Wallo na Ilha de Oahu em 1975 ou 1976.


Filmado no texas 1976

More Vintage East Coast Skateboard by Will Lucas www.surf64.com

VB SK8PARK GRAND OPENING

VENICE BEACH
I´m Going Back to CALI





Sabádo de sol , praia lotada e o boardwalk bombando...
nada como uma manhã de esportes na praia de Venice Beach !!!
É Logico que com a inauguração da Pista de Skate, a saturday beach party ficou melhor ainda...
Venice ontem hoje e sempre ... 4 homies 4 ever
.




Surf Indian Loop


Vale a Pena ASSISTIR !!! BOA MUSICA E IMAGENS INCRIVEIS...

2 de out de 2009

Atletas comemoram escolha do Rio para sediar Olimpíada de 2016








Robert Scheidt, Thiago Pereira e Bob Burnquist manifestaram contentamento com a vitória da cidade brasileira

São Paulo(SP) – Três dos principais atletas brasileiros demonstraram, nesta sexta-feira, a satisfação pela escolha do Rio de Janeiro para receber os Jogos Olímpicos de 2016. Após o anúncio do município como cidade-sede, em Copenhague, na Dinamarca, o velejador paulista Robert Scheidt, o nadador fluminense Thiago Pereira e o skatista carioca Bob Burnquist festejaram a indicação da Cidade Maravilhosa na terceira tentativa de conquistar o direito de ver de perto os melhores atletas do planeta.Robert Scheidt, ganhador de quatro medalhas olímpicas – duas de ouro (Laser) e duas de prata (uma no Laser e uma no Star)) – e de dez título mundiais – nove na Laser e uma na Star – disse que a realização dos Jogos na capital fluminense causará um impacto bastante positivo para o País. "No âmbito econômico, receberemos vultosos investimentos diretos e indiretos para a infraestrutura e o turismo”, avaliou. "O mais importante, porém, será a exposição positiva para o mundo do potencial do Brasil”, completou o velejador, patrocinado pelo Banco do Brasil e Prada, e que está na Lituânia.Thiago Pereira, que está na Califórnia (EUA), onde estuda e treina, fez questão de ressaltar a alegria que sentiu com a informação da escolha do Rio. "É muito bom saber que poderemos competir em casa, com a apoio da torcida. O brasileiro merecia isso”, afirmou o nadador nascido em Volta Redonda, no sul do estado do Rio de Janeiro. "Ter acompanhado todo o processo aqui dos Estados Unidos me deixou mais emocionado e orgulhoso ainda”, finalizou o atleta patrocinado pelo Bradesco, Minas Tênis Clube e Correios.Bob Burnquist, que descansa em São Paulo após disputar e vencer a Oi MEGARAMPA, também ficou muito emocionado assim que viu pela televisão a escolha do Rio para sede da Olimpíada de 2016. "Mesmo com o skate não fazendo parte do programa dos Jogos, recebi a notícia com alegria. Parabéns ao Rio de Janeiro. Parabéns ao Brasil. Parabéns ao esporte brasileiro. Agora vamos mostrar para o mundo porque o Brasil é um gigante do esporte”, disse o skatista, nascido na Cidade Maravilhosa e que mora próximo a San Diego, na Califórnia (EUA).

Roberto Pierantoni – MTb.: 18.194Email: piera@zdl.com.br

1 de out de 2009

Evento se preocupa com a sustentabilidade ambiental e gera retorno para o meio ambiente.



Oi MEGARAMPA planta 288 árvores para ajudar na restauração da Mata Atlântica
Iniciativa acontece para compensar o carbono emitido com o evento realizado no final de semana, no Sambódromo do Anhembi
São Paulo (SP) – Compromisso assumido, compromisso cumprido. As empresas organizadoras – Brasil1 Esporte, MaxSports e Zoobamboo do Brasil – da Oi MEGARAMPA 2009, ocorrida no último final de semana, no Sambódromo de Anhembi, em São Paulo, se prontificaram a compensar o carbono (CO2) emitido com a realização do evento e já estão prontos para cumprir a promessa.Em levantamento feito seguindo a norma ISO 14064 chegou-se ao cálculo de que foram emitidas 89,8 toneladas de gases durante a competição da mais nova e radical modalidade do skate e também do bicicross, que reuniu 17 atletas – 15 skatistas e dois bikers. O brasileiro Bob Burnquist foi o bicampeão no skate, enquanto os norte-americanos Kevin Robinson e Anthony Napolitam dividiram o primeiro lugar no BMX.Para compensar o efeito desta emissão de CO2, ficou decidido, após a apresentação do Relatório de Sustentabilidade da Oi MEGARAMPA 2009, que serão plantadas 288 árvores na bacia do Rio Piraí, no corredor florestal Tinguá-Bocaina, contribuindo para a restauração da Mata Atlântica no Estado do Rio.Esta não foi a única ação de sustentabilidade desenvolvida durante os dias em que as manobras radicais levou um público aproximado de 20 mil pessoas à passarela do samba paulistano. Entre as outras atividades socioambientais promovidas no evento está a utilização de madeira com o certificado FSC (em inglês Forest Stewardship Council), que garante a origem legal da madeira proveniente de áreas de manejo florestal, na construção da pista e na confecção dos troféus.Também foi doada toda a lona "Sanet” e de vinil – um total de 4 mil m2 - usadas na sinalização e cenografia do evento para o Projeto Arrastão. Essa ONG trabalha com jovens carentes da periferia de São Paulo e utilizará este material para a fabricação de bolsas e acessórios. Vale lembrar que todo resíduo não orgânico gerado pelo evento foi encaminhando para reciclagem.Apoio ao novo acordo global do clima - Bob Burnquist, conhecido por seu engajamento em questões socioambientais, firmou, diante das dez mil pessoas que lotaram as arquibancadas do Sambódromo do Anhembi no domingo, seu nome no abaixo assinado promovido pela ONG WWF Brasil, para pressionar os governos mundiais a se posicionarem a favor de um novo acordo global de clima. A discussão sobre o tema acontecerá na 15ª Conferência das Partes da Convenção Quadro de Mudanças Climáticas da ONU, em dezembro, na cidade dinamarquesa de Copenhague. A ação faz parte da campanha denominada de TicTacTicTac, movimento global liderado por ONGs de diversos países que se dedicam a combater o aquecimento global, incluindo a WWF-Brasil. A ONG conseguiu, no Sambódromo do Anhembi, 1.300 assinaturas apoiando o movimento. A Oi MEGARAMPA teve o patrocínio da Oi, co-patrocínio de Hawaiian Dreams (HD), Nescau e TNT e supervisão técnica e apoio da Confederação Brasileira de Skate. O evento foi uma realização da Brasil1 Esporte, da MaxSports e da Zoobamboo do Brasil em parceria com a Prefeitura de São Paulo e a Secretaria Municipal de Esportes.Siga a ZDL no Twitter: http://twitter.com/ZDL_assessoriaRoberto Pierantoni – MTb.: 18.194E-mail: piera@zdl.com.br