28 de nov de 2009

Back to the 60´s 70´s and 80´s generation X




NATURAL WOOD


Buscando a união entre design e tecnologia, a Natural Wood


vem ao mercado brasileiro com uma proposta em Decks para Long Board,

através de Vitório Del'Acqua, tri-campeão brasileiro na modalidade

e entusiasta no esporte por longos anos.




Para que isso fosse possível, buscou-se parcerias

com empresas que desse suporte nas áreas química e têxtil,

com suprimentos em matérias primas de primeira linha.

Fatores primordiais para que o produto tenha qualidade

e projeção dentro do esporte.

Esta combinação permitiu reunir o avanço tecnológico

e o estilo clássico dos anos 60, proporcionando a cada dia



momentos inesquecíveis de lazer e descontração.





25 de nov de 2009

VEM AI A CAMPUS PARTY 2010 ...

Prepare seu computador, sua mochila e reserve na agenda a semana de 25 a 31 de janeiro de 2010! Mais uma vez a cidade de São Paulo vai receber milhares de internautas do Brasil e do mundo para participar da Campus Party, o principal ponto de encontro daqueles que cotidianamente usam as redes sociais para compartilhar conhecimento, trocar experiências e realizar todo tipo de atividades relacionadas à tecnologia, à cultura digital e ao entretenimento em rede. É o momento do encontro, em carne e osso, da Web 2.0, da Internet interativa.


Campus Party é considerado o maior evento de inovação tecnológica, Internet e entretenimento eletrônico em rede do mundo. Um encontro anual realizado desde 1997, que reúne, durante sete dias, milhares de participantes com seus computadores com a finalidade de compartilhar conhecimento, trocar experiências e realizar todo o tipo de atividades relacionadas a computadores, às comunicações e às novas tecnologias.
Os participantes da Campus Party mudam-se com seus computadores, malas e barracas para dentro das instalações do evento. Lá encontram uma completa infra-estrutura de serviços, lazer, higiene, segurança, alimentação e, principalmente, tecnologia. Durante uma semana a Campus Party transforma-se na casa de todos.


Participam do evento estudantes, professores, cientistas, jornalistas, pesquisadores, artistas, empresários e curiosos. A Campus Party é o ponto de encontro de todas as tribos que atuam nas redes sociais da Internet com as empresas e as administrações públicas.
É um público composto por líderes das redes sociais e comunidades on line extremamente ativas na sociedade em rede, com enorme poder de formar opinião e criar tendências. Um público de vanguarda, trendsetter, que antecipa o futuro da nova economia e os caminhos da tecnologia da informação.
Pela Campus Party já passaram convidados de destaque como Neil Alden Armstrong, o primeiro homem que pisou na Lua em 1969, Eveline Herfkens, coordenadora geral da Campanha dos Objetivos do Milênio das Nações Unidas, e Stephen Hawking, o grande físico britânico.
Após 12 edições na Espanha, a Campus Party iniciou em 2008 seu processo de internacionalização. E o Brasil foi o primeiro país escolhido para receber a maior festa mundial da internet.
Na última edição, realizada em janeiro de 2009, a Campus Party Brasil recebeu 6.655 campuseiros e mais de 118 mil visitantes da Área Expo e Lazer.


A Campus Party oferece 24 horas de atividades por dia, num espaço com quatro zonas temáticas, que abrangem temas que vão desde a criatividade digital à robótica. Durante uma semana, os campuseiros têm a oportunidade de participar de oficinas, palestras, demonstrações, concursos e outras atividades.
E, mais importante, de estarem inseridos num universo colaborativo e participativo, numa demonstração de que o conhecimento cresce quando compartilhado.

24 de nov de 2009

Polêmica !!! Stop the Global Warm - e-mails roubados tumultuam caminhos para o debate em Compenhagen.

E-mails roubados abrem polêmica sobre o clima


Computadores da Universidade East Anglia, no Reino Unido, foram invadidos e mais de mil e-mails e 3 mil documentos trocados entre cientistas do clima foram roubados, abrindo polêmica no mundo acadêmico a poucas semanas da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15), em Copenhagen.


O material, que revelaria uma suposta manipulação de dados para reforçar a tese do aquecimento global, está sendo usado por céticos para alertar que a necessidade de corte de emissões de CO2 não passaria de uma farsa planetária. Cientistas afirmam que o roubo faz parte de uma campanha para evitar um acordo climático.
Muitos dos e-mails roubados foram trocados entre cientistas que participaram do relatório do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC). O documento, de 2007, foi o primeiro a confirmar que o aquecimento global é resultado da atividade humana. Phil Jones, que teve e-mails roubados, diz que palavras como "truque" e "esconder a queda" foram usadas fora de contexto pelos hackers.
Mas a polêmica já virou debate político. Lord Lawson, cético da mudança climática, pediu investigação e disse que a credibilidade da ciência está em jogo. O secretário-geral da Organização Mundial de Meteorologia (WMO, na sigla em inglês), Michel Jarraud, rejeitou a tese. "É lamentável que ainda traga impacto um rumor como esse." .

Por AE, Agencia Estado

FODIDO E XEROCADO !!! na contra mão da maré digital X.X.X



Quando dois amigos fotógrafos, loucos pela cena do Hardcore e PUNK ROCK, resolvem fazer um fanzine num pais como o Brasil ,
você logo imagina que a parada vair ser Fodida e Xerocada ...


O LIVRO
Fodido e Xerocado – Por Favor, Olhe Para Mim!

Na contramão de toda a maré digital que fez com que os fanzines praticamente sumissem de circulação, Fodido e Xerocado é resultado da compilação do registro fotográfico feito por Daigo Oliva e Mateus Mondini nos últimos anos. Inicialmente um fanzine de fotos de limitada tiragem e distribuído gratuitamente, a mesma idéia é agora apresentada em formato de livro, lançado pela Cospe Fogo Gravações em parceria com a Augusta Edições.

O Fodido e Xerocado é a forma que os dois fotógrafos criaram para juntar o que vivenciam de forma mais direta possível. Um fotozine que em cada edição reúne cerca de 20 fotos de bandas punks que, na maioria das vezes, usam de seu tempo e energia com a prática do faça você mesmo e passam por roubadas das mais variadas espécies, mantendo o punk vivo, onde quer que ele possa chegar. Com o crescimento da popularidade do fanzine e a urgência da documentação de imagens do punk no Brasil, o Fodido e Xerocado é lançado agora em formato de livro, com excelente qualidade e com mais de 100 imagens de bandas e pessoas que compõem um retrato da cena brasileira, especificamente em São Paulo.

Todo o choque e raiva que o punk deve demonstrar na sua essência estão marcados em Fodido e Xerocado. A espontaneidade e o clima quase sempre descontraídos estão registrados nos personagens fotografados. Quem acompanha e está presente nos rolês (e não atrás de um computador resmungando da vida) pode identificar nas fotos estas características e lembrar as histórias por trás de cada show. Elementos captados com fidelidade por quem está no olho do furacão do punk nacional. Nas fotos, são dezenas de bandas em ação: internacionais (como Gang of Four, Stooges, Discharge...), nacionais, veteranas (Cólera, Ratos de Porão, Olho Seco...) e novatas (Besta Fera, Arma Laranja, B.U.S.H...).

O ineditismo de Fodido e Xerocado nos faz pensar na importância das imagens na historiografia dos fenômenos da cultura pop. Um trabalho que, ao contrário do que acontece em países como EUA e Inglaterra, é pouco explorado no Brasil, ainda mais quando o assunto é o punk.


21 de nov de 2009

SUNGHA JUNG eita koreaninho ligeiro...



Com apenas 13 anos de idade o jovem sul Coreano SUNGHA JUNG , interpreta classicos do rock como se fosse um dinossauro.
Utilizando a tecnica dos dedos livres (fingerstyle) Sungha iniciou seu estudos musicais a apenas 3 anos ,depois de ver seu pai tocar algo no violão.
Sua rotina diária pode chegar até 5 horas de estudos musicais. Sungha busca os videos clipes na internet e apartir deles começa dar interpretação as suas musicas.
No inicio de 2009 fechou seu primeiro patrocinio com a Lakewood fabrica de instrumentos musicais.
O garoto agradeçe a Ulli Bogershausen por ter sido sua inspiração musical... outros astros do rock mundial ficam encantados ao verem o garoto tocar. Thomas Leeb escreveu no antigo violão de Sungha ,a frase
 " KEEP GROOVING MY FRIEND" .
Parece que a frase surtiu efeito pois o garoto não para de crescer na cena musical...
Sungha When you Come to Brasil???



19 de nov de 2009

Brasileiros se destacam no SLIDE FAST 2009

A quinta edição do Slide Fest, o campeonato de skate downhill slide, rolou na cidade de Poway, na Califórnia, sábado, dia 7, e contou com a presença massiva de brasileiros que garantiram as primeiras colocações.

Sergio Yuppie, conhecido como O Rei do Down Hill Slide, faturou o primeiro lugar na categoria Pro Class Slope Style (hard wheels) e o segundo na categoria Free Ride Event (soft wheels). Reine Oliveira, bicampeã brasileira e campeã no Canadá, foi à vencedora na categoria feminina.

O evento é de grande importância para os brasileiros, pois os três primeiros colocados garantem a Bolsa-Atleta Internacional, que é um valor pago mensalmente pelo governo brasileiro aos atletas.

http://www.youtube.com/watch?v=QL0pkUiivD0

Fonte www.setemagazine.com


18 de nov de 2009

DEUS MOTORCYCLES SWAP MEET

A DEUS CUSTOMS MOTORCYLES Agitará a  Australia nos proximos dia 21 de novembro e 12 de dezembro.
A fabrica customizadora de motocicletas une os segmentos  de motos ,surf e skate e realiza encontros para os publicos alvos ,tornando estes eventos muito bem frequentados pelo publico formador de opiniâo.
O primeiro evento o Inner most limits  completará 4 anos e sera realizado no proximo dia 21 de novembro , já o segundo evento o Deus vintage & retro surf market swap meet fica aganedado para dia 12 de dezembro de 2009.
maiores informações acesse o site da DEUS MOTORCYLES. http://www.deus.com.au/



Board Collector
Evento dedicado a explorar os shapers e pranchas, da época em que o mercado do surf sofreu uma maior   inovação "no design de pranchas, 1975-1985.

15 de nov de 2009

Um Cineasta Independente , relatando visões do Desing independente...

Objectified o mais novo documeratario do diretor  Gary Hustwit


Gary Hustwit é um cineasta independente baseado em Nova York e Londres. Ele produziu seis documentários recursos , incluindo I Am Trying To Break Your Heart, do premiado filme sobre a banda Wilco, Moog, o documentário sobre música eletrônica do pioneiro Robert Moog e Drive Well, Sleep Carefully, um filme sobre a turnê da banda Death Cab for Cutie. Hustwit trabalhou com o Selo de punk rock SST Records e no final da década de 1980, publicou seu livro por uma editora independente.
Hustwit fez sua estréia na direção com a Helvetica, que teve sua estréia mundial no South by Southwest Film Festival, em março de 2007, e desde então tem sido exibido em mais de 200 cidades em todo o mundo. Teve a sua estreia televisiva no Reino Unido na  BBC1, e foi transmitido nos Estados Unidos pela PBS, em janeiro de 2009. Hustwit foi indicado ao Independent Spirit 2008 "mais verdadeiro do que a Ficção" Prêmio concedito ao filme  Helvetica.


Objectified - A Documentary Film by Gary Hustwit from Selectism on Vimeo.

HISTÓRIA DA MEDALHA DE SÃO BENTO



Explicação do anvers


Nas antigas medalhas aparece, rodeando a figura do santo, este texto latino em frase inteira: Eius in obitu nostro presentia muniamur. "Que a hora de nossa morte, nos proteja tua presença". Nas medalhas atuais, freqüentemente desaparece a frase que é substituída por esta: Crux Sancti Patris Benedicti, ou todavia, mais simplesmente, pela inscrição: Sanctus Benedictus.

Explicação do reverso

• Em cada um dos quatro lados da cruz: C. S. P. B. Crux Sancti Patris Benedicti. Cruz do Santo Pai Bento

• Na vertical da cruz: C. S. S. M. L. Crux Sacra Sit Mihi Lux. Que a Santa Cruz seja minha luz

• Na horizontal da cruz: N. D. S. M. D. Non Draco Sit Mihi Dux. Que o demônio não seja o meu guia

• Começando pela parte superior, no sentido do relógio: V. R. S. Vade Retro Satana. Afasta-te Satanás - N. S. M. V. Non Suade Mihi Vana. Não me aconselhes coisas vãs - S. M. Q. L. Sunt Mala Quae Libas. É mau o que me ofereces - I. V. B. Ipse Venena Bibas. Bebe tu mesmo teu veneno

Na parte superior, em cima da cruz aparece a palavra PAX e nas mais antigas IESUS



~ História da medalha de São Bento ~


Sem dúvida a medalha de São Bento é uma das mais veneradas pelos fiéis. A ela se atribuem poder e remédio, seja contra certas enfermidades do homem e animais, ou contra os males que podem afetar o espírito, como as tentações do poder do mal. É freqüente também colocá-la nos cimentos de novos edifícios como garantia de segurança e bem-estar de seus moradores.

A origem desta medalha se fundamenta em uma verdade e experiência do cunho espiritual que aparece na vida de São Bento tal como a descreve o papa São Gregório no Livro II dos Diálogos. O pai dos monges usou com freqüência do sinal da cruz como sinal de salvação, de verdade, e purificação dos sentidos. São Bento quebrou o vaso que continha veneno com o sinal da cruz feito sobre ele. Quando os monges eram perturbados pelo maligno, o santo mandava que fizessem o sinal da cruz sobre seus corações. Uma cruz era o selo dos monges na carta de sua profissão quando não sabiam escrever. Tudo isso não faz mais que convidar seus discípulos a considerar a santa cruz como sinal benfeitor que simboliza a paixão salvadora do Senhor, porque se venceu o poder do mal e da morte.

A medalha tal como hoje a conhecemos, remonta ao século XII ou XIV ou talvez a uma época anterior de sua história. No século XVII, em Nattenberg, na Baviera, em um processo contra umas mulheres acusadas de bruxaria, elas reconheceram que nunca haviam podido influir malignamente contra o mosteiro beneditino de Metten porque estava protegido por uma cruz. Feitas, com curiosidade, investigações sobre essa cruz, descobriram que nas paredes do mosteiro estavam pintadas várias cruzes com algumas siglas misteriosas que não puderam ser decifradas. Continuando a investigação entre os códices da antiga biblioteca do mosteiro, foi encontrada a chave das misteriosas siglas em um livro do século XIV. Assim sendo, entre as figuras aparece uma de São Bento segurando com a mão direita uma cruz que continha parte do texto que se encontrava só em suas letras iniciais nas hastes das cruzes pintadas nas paredes do mosteiro de Metten, e na esquerda portava una bandeirola com a continuação do texto que completava todas as siglas até àquele momento misteriosas.

Muito mais tarde, já no século XX, foi encontrado outro desenho em um manuscrito do mosteiro de Wolfenbüttel representando um monge que se defende do mal, simbolizado numa mulher com uma cesta cheia de todas as seduções do mundo. O monge levanta contra ela uma cruz que contém a parte final do texto. É possível que a existência de tal crença religiosa não seja fruto do século XIV senão muito anterior.

O papa Clemente XIV, em março de 1742, aprovou o uso da medalha que havia sido tachada anteriormente, por alguns, de superstição. Dom Gueranger, liturgista e fundador da Congregação Beneditina de Solesmes, disse que o costume de a imagem de são Bento aparecer com a santa Cruz, confirma a força que esse poder obteve em suas mãos. A devoção dos fiéis e as muitas graças obtidas por ela é a melhor mostra de seu autêntico valor cristão.

11 de nov de 2009

O APAGÂO ! entre um boletim de radio e uma programação de televisão, tudo se tornou um BLACK OUT


Um problema em um dos dois sistemas de transmissão da estatal Furnas que trazem a energia da hidrelétrica binacional de Itaipu ao Brasil provocou o desligamento automático das turbinas da usina, o que resultou no apagão que atingiu os Estados da região Centro-Sul do País. "Quando as linhas de transmissão são desligadas, a usina tem um mecanismo automático que desliga as turbinas para problemas nos equipamentos", disse o assessor da diretoria-geral do Paraguai em Itaipu, Hector Richer Bécker.


O apagão ocorrido nesta terça-feira em diversas regiões do País não foi um problema de geração de energia, mas sim de transmissão, de acordo com o presidente da usina de Itaipu, Jorge Samek. Segundo ele, em entrevista à Globonews, esta é a primeira vez na história que Itaipu para totalmente de funcionar.
Pelo menos dez Estados foram afetados: Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo, além do Distrito Federal. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que o problema ocorreu na hidrelétrica de Itaipu devido a uma falha das linhas abastecidas por Furnas. Sem energia, a usina foi desligada."Com absoluta certeza foi um vento forte que causou esse acidente", disse Samek, desta vez à rádio Jovem Pan. "Problemas climáticos são comuns. Ocorre que Itaipu tem uma representação muito grande (na geração de energia para o País). Essa é a única linha que não pode cair, mas problemas climáticos causaram essa avaria", afirmou Samek.
Segundo o presidente de Itaipu, 90% das termelétricas do País estão desligadas, já que os reservatórios das usinas hidrelétricas estão cheios. Mas algumas dessas usinas foram acionadas na noite desta terça-feira, devido ao problema com Itaipu.
Lobão negou que o apagão dessa noite tenha relação com o de 2001. "O sistema não é frágil, é o mais seguro do mundo. No apagão de 2001 não havia sistema interligado e havia ausência de linhas de transmissão. Hoje não, 98% das linhas são interligadas

8 de nov de 2009

Tocando por Mudanças ... na onda dos festivais...




Playing For Change Foundation (PFCF) tem como objetivo conectar o mundo através da música, providenciando local, instrumentos, programas educacionais, entre outros, para músicos em diferentes partes do mundo, além de apoiar projetos inspirados nas comunidades apresentadas no documentário Playing For Change.
A Fundação está construindo uma escola em Gugulethu na África do Sul, um gueto onde os jovens terão acesso a música, informação e tecnologia podendo assim transformar suas vidas através da música.
Em Dharamsala na Índia e em Kathmandu no Nepal, a Fundação está reconstruindo os centros para refugiados Tibetanos.
Em conjunto com o poeta sul africano Lesego Rampolokeng e Bobby Rodwell, a Fuandação trabalha na construção do Mehlo Arts Center em Johannesburgo na África do Sul. O centro de artes será uma escola para futuros escritores da área de Johannesburgo e Soweto.
A comunidade do The Playing For Change é formada por artistas e pessoas que resolveram unir-se através da música e assim teem a oportunidade de colaborar com pessoas da sua vizinhança e de outros pontos no mundo.

Abaixo, vídeo que conta com a participação dos músicos: Roger Ridley, Grandpa Elliott, Wahsboard Chaz, Twin Eagle Drum Group, Roberto Luti, (EUA), Clarence Bekker (Holanda), Francois Viguié (França),Cesar Pope (Brasil), Dimitri Dolganov (Russia), Geraldo & Dionisio (Venezuela), Junior Kissangwa Mbouta (Congo), Pokei Klaas, Sinamuya, Vusi Mahlasela (África do Sul), Django Degen (Espanha) e Steffano Tomaselli (Itália), cantando a música “Stand by Me” de Ben E. King.

7 de nov de 2009

Brasileiros Pagam valores a Mais na conta de Luz.


Ressarcir brasileiros pelo pagamento indevido de eletricidade é ato de justiça


Providências urgentes devem ser adotadas para corrigir em definitivo o problema e, sobretudo, para ressarcir aos consumidores os valores pagos a mais nas contas de luz em decorrência das inconsistências na metodologia que estabelece o cálculo da tarifa nos últimos sete anos.


Os cerca de sete bilhões de reais indevidamente transferidos às concessionárias distribuidoras de energia no período são recursos que fazem muita falta aos cidadãos, às famílias e às empresas.


Para se ter ideia do que esse volume de dinheiro significa, o valor é quase equivalente aos investimentos na construção da Hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira. Esta usina irá gerar 2.300 megawatts, o suficiente para abastecer uma cidade com 10 milhões de habitantes. Ou seja, a sociedade está pagando o que não deve a distribuidoras privadas de energia e, ao mesmo tempo, assiste à morosidade do aporte de recursos em obras fundamentais para o definitivo combate ao fantasma do apagão. Ademais, a população não pode ser prejudicada, em hipótese alguma, por um equívoco que não é seu. Como se sabe, a falha, recentemente identificada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), está no fato de a metodologia não considerar de maneira adequada o crescimento da demanda e do número de consumidores no cálculo do índice de reajuste tarifário.


Segundo Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), “foi importante a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) ter reconhecido, publicamente, a inconsistência da metodologia. Por outro lado, o fato de considerar não haver ilegalidade no procedimento por parte das distribuidoras não anula o direito dos brasileiros ao ressarcimento.


Errar é uma prerrogativa do ser humano. Deixar de reparar o equívoco, em especial quando ele causa prejuízo a terceiros, é antiético, mesmo quando não há crime ou dolo”.O Brasil já paga uma das tarifas mais elevadas do mundo e ocupa o primeiro lugar quanto aos encargos e tributos agregados à conta de luz.


A cobrança indevida agrava ainda mais o impacto negativo da energia elétrica na competitividade da indústria, inclusive nas exportações.O consumidor, por sua vez, é duplamente penalizado, pois paga o que não deve e arca com o repasse desse ônus aos preços de praticamente todos os produtos. Portanto, é premente e inquestionável o ressarcimento imediato do dinheiro pago a mais por pessoas físicas e jurídicas! É um ato de justiça!


Fonte: Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)