17 de out de 2011

Eu ando eu Reciclo/ I Ride I recicle

História da Arte of Board .

Em 2004, O fundador da Art of Board, Rich Moorhead, tropeçou em alguns skates quebrados que pertenceu a seu sobrinho. Enquanto admirava a arte gráfica dos skates que seriam destinados ao aterro sanitário mais próximo da cidade de Philadelphia , houve uma conexão entre sua paixão criativa e o seu amor pelo skate. Então, ao invés de jogar no lixo os decks(shape de madeira), ele colocou suas habilidades como marceneiro para o teste e fez uma moldura.

Desde então, o conceito de Art Board tem assumido várias formas: ímãs, chaveiros, espelhos e quadros. Hoje, Art of Board evoluiu para uma teia de serviço completo e empresa de design. Em 2009, Rich, juntamente com parceiros Bruce Boul e Shaun Noon, começou a primeira das bases nacionais do movimento de reciclagem para o Skate - Eu monto eu Reciclo/ I Ride I recicle O Movimento e Eu monto eu reciclo mantém decks quebrados fora dos aterros sanitários e a a arte dos desenhos vira arte em galerias. Eles mantém um programa de reciclagem local na América do Norte, que incluem skateshops, parques e fabricantes do esportes de ação e varejistas.

Sendo o Brasil a segunda potencia no esporte ,não estaria na hora de começar a estruturar um programa sustentável parecido com este.

Fica ai a deixa para o gestores ambientais, skatistas e ambientalistas...




por: Rogério Nogueira "Sammy"

7 de out de 2011

Pro Rad - Jump Festival define os amadores classificados para as finais do Skate

A Oitava edição do Pro Rad - Jump Festival tem novo formato e novo conceito.
Este ano a Organização resolveu pretigiar o skate amador.Nada mais usto doque conceber a um skatista amador o direito de poder participar em uma Jam Session com a Lenda Viva do Skate Mundial " Tony Hawk " e seus amigos convidados: Sandro Dias " Mineirinho",Sergio Fortunato " Negão" dentre outras feras do skate nacional...

Pro Rad - Jump Festival define os amadores classificados para as finais do Skate

Finais das modalidades Street e Vert acontecem neste sábado. No Vert, o campeão conquistará o direito de participar da exibição com Tony Hawk e Sandro Dias

Os finalistas do Skate Vert amador e do Skate Street amador foram conhecidos na noite desta sexta-feira (07/10), durante a oitava edição do Pro Rad - Jump Festival, no complexo do ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP). No Vert, o campeão, além de toda premiação (troféu, peças, vestuário e Ipad), ganhará a oportunidade de participar de uma exibição especial com a participação de Tony Hawk, maior lenda da história da modalidade, Sandro Dias, hexacampeão mundial de skate vert, o norte-americano Kevin Staab e os brasileiro Lincoln Ueda e Sergio Negão.
Dez atletas passaram para a final do Vert, que acontecerá neste sábado (08/10) a partir das 9h00. Raul Roger, atual líder do ranking do Pro Rad - Jump Festival, comemorou muito a liderança no dia e confessou que, se levar o título, estará realizando um sonho de infância.
"Eu estou confiante. Espero amanhã andar bem e ficar calmo para não errar. A expectativa de andar com o Tony Hawk é grande. Então vou dar meu máximo para estar lá no domingo e fazer bonito. Se eu chegar lá, não posso fazer feio", revelou o atleta de apenas 17 anos de idade. "Vou tentar dormir bem hoje e parar de pensar nisso. Desde os sete anos, quando comecei, eu já sonhava andar com o Tony Hawk. Espero que possa ser realizado na demo", concluiu.
Já no Skate Street, a fórmula de disputa será diferente. Haverá semifinais e final, ambas no sábado, a partir das 13h00. Entre os mais de 100 participantes da competição amadora, cinco skatistas se classificaram direto para a final (primeiro ao quinto), enquanto outros dez atletas (sexto ao 15º) vão fazer cinco semifinais, no sistema homem x homem, para definir os outros cinco atletas que participarão da decisão.

Acostumado a disputar o Pro Rad - Jump Festival, Claudio da Silva Carvalho, que ficou em terceiro lugar na primeira etapa da modalidade no ano, em Jacareí (SP), se classificou para as semifinais. "A gente já está acostumado com essa fórmula de disputa. Não me assusta a ideia de disputar homem contra homem. Estou acostumado e tenho fé que vou chegar à final", disse o atleta, que elogiou o alto nível de atletas na competição "O nível estava altíssimo. Todo mundo estava andando bem. Não me adaptei tão bem à pista, mas estou feliz de estar fazendo parte dessa semifinal", finalizou.

 
Classificados no Skate Vertical amador:



1-Raul Roger

2-Matheus Santos

3-Murilo dos Santos

4-Maykin Rocatelo

5-Gabriel Machado

6-Ricardo Nicolete

7-Jeremias Ramos

8-Luiz Henrique

9-Marcello Colella

10-Adilson Aquino



Classificados do Skate Street amador:



Finalistas

1-Oseas Borges

2-Silas Ribeiro

3-Jonathan Vieira

4-Kauê Figueiredo

5-Diego Fontes



Semifinalistas

6-Igor Smith

7-Felipe Marcondes

8-Antonio Carlos Junior

9-Kaue Cossa

10-Sergio Santoro

11-Thomas Henrique

12-Claudio Carvalho

13-Hermiogenes Dias

14-Jonathan Melhado

15-Willian Damasceno



Confira abaixo a programação do skate street e do skate vert no Jump Festival:

Sábado, 08 de outubro

10h00 às 11h00 - Skate Vert amador - Final

11h00 às 14h00 - Tony Hawk & Sandro Dias Session - Reconhecimento de pista

13h00 às 14h00 - Skate Street amador - Semifinais

14h00 às 15h00 - Skate Street amador - Final



Domingo, 09 de outubro

09h00 às 12h00 - Tony Hawk & Sandro Dias Session

Serviço:

Oitava edição do Pro Rad - Jump Festival

Data: De 06 a 09 de outubro

Local: Ginásio do Ibirapuera - Rua Manoel da Nóbrega, Nº 1.361 - Ibirapuera, São

Paulo (SP)

Inscrições: No próprio local do evento. Gratuitas e limitadas.

Credenciamento de imprensa: Pelo e-mail press@xyzlive.com.br



Curta o Pro Rad - Jump Festival no Facebook: http://www.facebook.com/#!/jumpfestival.



Siga o Pro Rad - Jump Festival no Twitter: http://www.twitter.com/jumpfestival.



Acesse o site da Confederação Brasileira de Esportes Radicais: www.cber.com.br .

O Pro Rad - Jump Festival é organizado pela CBER (Confederação Brasileira de Esportes Radicais) com chancela do Ministério do Esporte, através da Lei de Incentivo ao Esporte e patrocinado por Redecard, Atento, Riachuelo, LG, Quiksilver, DC Shoes e Skinka (etapas de Bike e Skate) e Petrobras (FMX). O evento conta com o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura da Cidade de São Paulo, e tem a TV Globo, o Metro Jornal e a Rádio Oi FM como parceiros de mídia. A comercialização do evento é da XYZ Live.
Mais informações para a imprensa:

XYZ Live Press

Rodolpho Siqueira / Mariana Viegas / Marcus Lellis / Carol Almirón / Cleber Bernuci

11. 3144-9975/74

11. 7283-3715

press@xyzlive.com.br



Assessoria de Imprensa CBER

Gustavo Coelho

(11) 7785-8100

imprensa@cber.com.br

JUMP FESTIVAL-Pistas são abertas para treinos iniciais dos competidores de todas as modalidades...


A procura para inscrições foi grande no primeiro dia de atividades do Jump Festival em São Paulo

O Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP), está preparado para receber o Jump Festival, que será realizado neste fim de semana. As pistas foram abertas para os primeiros treinos de FMX, BMX street, BMX vert, skate street e skate vert.

Desde o começo da tarde, um grande número de atletas amadores compareceram ao ginásio para se inscrever de forma gratuita nas competições do Jump Festival. Eles puderam treinar nas pistas montadas no Ibirapuera e já sentiram a dificuldade que enfrentarão para apresentar boas manobras aos juízes dos campeonatos.

Quem também esteve no local foi Sandro Dias, que fará uma exibição ao lado de Tony Hawk, maior nome do skate de todos os tempos, o norte-americano Kevin Staab, os brasileiros Lincoln Ueda e Sérgio Negão e o atleta campeão na disputa entre os amadores. O hexacampeão mundial de skate vert aproveitou para andar um pouco no half pipe em que será atração durante sua performance com Tony no domingo (09/10), com transmissão ao vivo no Esporte Espetacular, da TV Globo.

3 de out de 2011

Jump Festival anuncia programação em São Paulo




Com Tony Hawk e Sandro Dias, Jump Festival anuncia programação em São Paulo

Evento oferece entrada gratuita e reúne mais de 300 atletas em seis disputas radicais em skates, bikes e motos, além de uma demo com os maiores nomes do skate mundial

A oitava edição do Jump Festival, que acontecerá no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, anunciou sua programação para o encontro do próximo final de semana. Entre os dias 6 e 9 de outubro, serão realizadas competições de dois circuitos: o Brasileiro de FMX, para atletas profissionais; e o Nacional de Bike e Skate, que compreende disputas nas modalidades street e vertical, para amadores. A entrada é gratuita.



O evento terá ainda uma competição de de BMX street para profissionais, e uma sessão de exibição no skate vertical com Tony Hawk, maior nome do skate de todos os tempos, Sandro Dias, hexacampeão mundial de skate vert, o americano Kevin Staab, e o atleta campeão na disputa entre os amadores.



As inscrições dos atletas são gratuitas e limitadas e poderão ser feitas no próprio local da competição, no horário do primeiro treino de cada modalidade.



Confira abaixo a programação completa do Jump Festival:



Quinta-feira, 06 de outubro

09h00 às 13h00 - FMX - Treino

13h00 às 16h00 - BMX Vert amador - Treino

13h00 às 16h00 - Skate Street amador - Treino

14h00 às 18h00 - BMX Street amador - Treino

16h00 às 18h00 - Skate Vert amador - Treino

18h00 às 21h00 - BMX Street profissional - Treino



Sexta-feira, 07 de outubro

08h00 às 10h00 - FMX - Treino

10h00 às 13h00 - FMX - Eliminatória

11h00 às 16h00 - BMX Street amador - Eliminatória

15h00 às 18h00 - Skate Vert amador - Eliminatória

15h00 às 16h00 - BMX Street amador - Final

16h00 às 17h00 - BMX Street amador - Super Final

16h00 às 20h00 - Skate Street amador - Eliminatória

17h00 às 20h00 - BMX Street profissional - Treino

19h00 às 20h00 - BMX Vert amador - Eliminatória

20h00 às 21h00 - BMX Vert amador - Final



Sábado, 08 de outubro

08h00 às 09h00 - FMX - Treino

09h00 às 10h45 - FMX - Final

10h00 às 11h00 - Skate Vert amador - Final

11h00 às 14h00 - Tony Hawk & Sandro Dias Session - Reconhecimento de pista

13h00 às 14h00 - Skate Street amador - Semifinais

14h00 às 15h00 - Skate Street amador - Final

14h00 às 15h00 - Skate Vert amador - Super Final

14h00 às 15h00 - BMX Street profissional - Treino

15h00 às 17h00 - BMX Street profissional - Eliminatória



Domingo, 09 de outubro

09h00 às 12h00 - BMX Street profissional - Aquecimento / Final

09h00 às 12h00 - Tony Hawk & Sandro Dias Session

Serviço:

Oitava edição do Jump Festival

Data: De 06 a 09 de outubro

Local: Ginásio do Ibirapuera - Rua Manoel da Nóbrega, Nº 1.361 - Ibirapuera, São Paulo (SP)

Acesse o site da Confederação Brasileira de Esportes Radicais: www.cber.com.br .
O Jump Festival é organizado pela CBER (Confederação Brasileira de Esportes Radicais) com chancela do Ministério do Esporte, através da Lei de Incentivo ao Esporte e patrocinado por Redecard, Atento, Riachuelo, LG, Quiksilver, DC Shoes e Skinka (etapas de Bike e Skate) e Petrobras (FMX). O evento conta com o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura da Cidade de São Paulo, e tem a TV Globo, o Metro Jornal e a Rádio Oi FM como parceiros de mídia. A comercialização do evento é da XYZ Live.



Mais informações para a imprensa:

XYZ Live Press

Rodolpho Siqueira / Mariana Viegas / Marcus Lellis / Carol Almirón / Cleber Bernuci

11. 31449975 / 74 - 11. 72833715

press@xyzlive.com.br





ESTAMOS DEBUTANDO...

ESTAMOS DEBUTANDO...
VERDURADA ESPECIAL - 15 ANOS DE HARDCORE!!!


Nós sabemos que toda Verdurada é especial. Mas algumas são mais especiais do que as outras. É o caso desta edição. Para comemorar nada mais nada menos do que 15 anos desde a primeira edição em 1996, foram convocadas cinco bandas que em épocas diferentes marcaram a história do evento.

Além da reunião exclusiva do I SHOT CYRUS e da volta do CARAHTER aos palcos hardcoreanos de São Paulo, temos GOOD INTENTIONS, BUSSCOPS E STILL STRONG, três das bandas straightedge/hardcore mais atuantes da cidade e todas intimamente ligadas à história da Verdurada.

Juntas as cinco bandas representam todas as gerações que passaram pelo palco do Jabaquara e além. O fato é que esta é uma Verdurada só com “atrações principais”. TODAS as bandas poderiam estar fechando a noite e a ordem abaixo é apenas de idade.
Seguindo a mesma temática, teremos também uma prévia do documentário "Hardcore 90 - Uma História Oral", produzido pelo velho amigo Marcelo Fonseca, que durante todos estes anos esteve conosco à frente de bandas como Constrito, Diáspora, O Cúmplice e L'Enfer.

Ninguém que esteve na Verdurada de 10 anos se esqueceu do épico último show do Point Of No Return. Portanto não perca a oportunidade de fazer história novamente desta vez. E que venham mais quinze!!!

E MAIS:

- Jantar VEGetariANO grátis e venda de material independente.- Por favor, sem cigarros e sem álcool.

O QUE MAIS?

1- Por favor, sem álcool, drogas ou cigarro dentro do local do evento.

2- Nada de alimentos que contenham produtos de origem animal.

3- Banquinhas de livros, cds, fanzines e material independente e divergente a preços populares, mesmo!

4- Venda de comida vegetariana, desde hambúrgueres, coxinhas, kibes, até bolos, tortas, bombons.

5- Os shows acabarão antes das onze e meia da noite, para que os espectadores possam se valer do sistema público de transporte.

6- Todo o dinheiro arrecadado com os ingressos será utilizado para pagar as despesas com o evento (transporte das bandas, locação do espaço, divulgação, locação da aparelhagem de som e luz).

7- Após os custos, o dinheiro dos ingressos será utilizada em campanhas públicas de assuntos ligados aos interesses do Coletivo Verdurada, como vegetarianismo ético, práticas de democracia direta, questões políticas e sociais.

E VEM AI O DIA DO VEGANO

No dia 1º de novembro comemora-se o Dia Internacional Vegano, que celebra o estilo de vida das pessoas estritamente vegetarianas, isto é, aquelas que não consomem produtos de origem animal (nenhum tipo de carne, ovos, leite e laticínios, além de produtos de vestuário como peles, couro e camurça). O estilo de vida vegano também condena a exploração de animais para experiências em laboratórios, e para o entretenimento humano em circos, zoológicos e rodeios. Nós, veganos, acreditamos que seja possível viver em harmonia com os animais, sem causar-lhes sofrimento para atender a desejos mesquinhos de nossa espécie.

A cada dia que passa, ouvimos falar mais e mais sobre vegetarianismo. Revistas, jornais, programas de TV, nesses últimos tempos, têm amplamente publicado sobre este assunto polêmico. Quase sempre, as discussões giram em torno da questão da saúde. Porém, há muitas outras razões, além da saúde, para que comecemos a considerar seriamente uma mudança em nossos hábitos na direção do vegetarianismo.