15 de jun de 2011

Change...



Já esta na hora de repensar as questões de prazer do homem, lugar de bicho é na natureza e não em confinamento.


A notícia de que vinte e cinco (25) golfinhos que já habitaram o oceano de modo livre e selvagem agora estão enfrentando uma vida de cativeiro e tristeza como residentes permanentes de Resorts World - Sentosa, em Singapura. Estes 25 golfinhos foram capturados nas águas das Ilhas Salomão e agora estão sendo mantidos nas Filipinas, enquanto as novas instalações no World Sentosa Resort que está sendo construído. Dois deles já morreram tragicamente. Ric O'Barry, biólogo e especialista em mamíferos marinhos também ofereceu sua ajuda para reabilitar e libertar os golfinhos de volta à vida selvagem, nas Ilhas Salomão, Papua-Nova Guiné . http://www.youtube.com/watch?v=QP3FbrF5YyM
Alguns fatos conhecidos sobre golfinhos:


53% dos golfinhos que sobrevivem a captura violenta morrem dentro de 90 dias.


A vida média de um golfinho em estado selvagem é de 45 anos, mas metade de todos os golfinhos capturados morrem nos primeiros dois anos de cativeiro. A cada sete anos, metade de todos os golfinhos em cativeiro morrem de choque de captura, pneumonia, doença intestinal, úlceras, intoxicação por cloro e outras doenças relacionadas ao estresse. Alguns podem morrer devido ao estresse, enquanto ao transporte. Para a indústria de golfinhos em cativeiro, estes fatos são aceites como despesas operacionais de rotina.

Muitos tanques de água contaminados por produtos químicos, bem como as bactérias, causando muitos problemas de saúde em golfinhos, inclusive cegueira.
Quando um golfinho bebê é nascido em cativeiro, a notícia é normalmente mantida em segredo até o bezerro apresenta sinais de sobrevivência. Embora os mamíferos marinhos que reproduzem em cativeiro, a taxa de natalidade não é tão bem sucedida como a do selvagem, com altas taxas de mortalidade infantil.

golfinhos podem nadar 4-10 milhas por dia - em piscinas que andam em círculos. Os golfinhos são predadores de peixes e passam a metade do seu tempo na caça selvagem por o alimento. Fornecer peixes mortos como forma de alimento gera menos exercício e falta de estimulação mental, causando tédio ao animal.

Muitos parques marinhos condicionam os mamíferos através da fome, assim eles irão realizar tarefas como brincar com bola, saltar através de aros, estes são comportamentos treinados que não ocorrem na natureza. Os golfinhos em cativeiro tendem a desenvolver comportamentos estereotipados (nadando em um padrão circular repetitivo, com os olhos fechados e em silêncio) por causa do tédio e do confinamento. Isso é equivalente ao balanço e ritmo de primatas, leões, tigres e ursos confinados em gaiolas.
O Blog HARDWORLD aproveita o texto e entra na briga para liberar os animais de cativeiro, lugar de bicho e na natureza.
Você internauta vai nos ajudar a dizer não para o cativeiro World Resort
http://www.saddestdolphins.com/
Envie uma carta com seus próprios pensamentos sobre o tema e juntos tentaremos mudar esta cena.
http://www.facebook.com/ResortsWorldatSentosa
Atenção: Você também pode enviar uma carta e enviar através do seu serviço de correio postal / para:
Tan Sri Lim Thay Kok, presidente
Resorts Sentosa Mundial
39 Avenue de Artilharia
Sentosa
Singapore 099958







Tradução e Revisão RTRN (Sammy)






fonte: Change .org

6 de jun de 2011

5/06 Salve o Meio Ambiente ,salve o dia da Ecologia ...





A celebração do dia da ecologia começou em 1972 e cresceu para se tornar o um dos principais veículos através dos quais as Nações Unidas estimula a conscientização mundial do meio ambiente e estimula a atenção para a ação política.


Através WED ( World Environmental Day), o Programa Ambiental da ONU é capaz de personalizar as questões ambientais e permitir a todos a perceber não só a sua responsabilidade, mas também seu poder de se tornarem agentes de mudança em prol do desenvolvimento sustentável e eqüitativo.


WED é também um dia que estimula pessoas de todas as esferas a se unirem para garantir uma visão de vida mais limpa, mais verde e mais brilhante para si e para as gerações futuras.


O WED depende de todos e especialmente de você para fazer com que as mudanças ocorram! Organize –se faça uma ação! Como a limpeza do Bairro, de sua rua. Plante uma árvore, as possibilidades são infinitas

1 de jun de 2011

SEMANA DO MEIO AMBIENTE, Zona Norte Alerta...




A Cidade de São Paulo esta respirando ações de meio ambiente durante esta semana.
Nos embalos da C 40 (Climate Summit) encontro entre as principais capitais do planeta, eventos pipocam em comemoração ou pré comemoração ao dia da Ecologia dia 05/06.



Remando para dentro da Onda verde a zona norte da cidade de São Paulo se manifesta gerando ações socio ambientais em seus subdistritos.



Chegou a Hora de pensar e viver a sustentabilidade....



Abaixo alguns eventos que serão realizados.




Ações das subprefeituras da Zona Norte de SÃO PAULO






CADES Regional Santana/Tucuruvi comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente




03/6/2011 – UNISANTANA: Ciclo de palestras e premiação das melhores práticas de Preservação do Meio
Ambiente pelas escolas públicas da Zona Norte.
Rua Voluntários da Pátria, 421 – Santana (Bloco I 6º andar – auditório 1)
A partir das 9h




04/6/2011 – Atividades externas: Conscientização e recolhimento de resíduos para reciclagem.
Pontos de coleta: Estação Metroviária de Santana e Tucuruvi, Estação Rodoviária do Tietê, Horto Florestal, Parque do Anhembi e Parque da Juventude.
Das 9h às 12h




05/6/2011 – Parque da Juventude: Oficinas educativas, exposições e materiais informativos.
Avenida Cruzeiro do Sul, 2630 – Carandiru. Das 9h às 17h
Participantes: SABESP, Projeto Fênix, Instituto Aprenda Bio, Econature, IPA Brasil, Escola Tarsila do Amaral, Colégio CERMAC, Grupo da Lua – Ecoarte, Projeto Povo Brasileiro, Grupo Corpo e Alma, Banda Lift e Projeto Juventude Ecológica.
Fazer atividades para promover saúde




06/6/2011 – Oficina de mudas medicinais no
“II Encontro de Educação, Meio Ambiente e Saúde”
Oficinas educativas para crianças e adolescentes sobre a montagem de terrários e cultivo em recipientes.
CEU Jaçanã: Avenida Antônio César Neto, 105 / Rua Costa Brito, s/n. A partir das 8h




09/6/2011 – Plantando cores
Atividade a ser realizada com os alunos do CEU Jaçanã para o plantio de flores ao redor das árvores já plantadas.
A partir das 9h




09/6/2011 – Oficina de cultivo de aromáticas
Atividade a ser realizada com os usuários do CECCO Jaçanã/Tremembé.
Avenida Paulo Lincoln do Valle Pontin, 241. A partir das 14h
17/6/2011 – Exposição das atividades e ações do DGD Norte 2 / SVMA no “II Encontro de Educação, Meio Ambiente e Saúde”
CEU Jaçanã. Das 8h às 12h




ações das universidades de São Paulo





Alunos da Unisantanna organizarão nos dias 06 e 07 de junho a semana do meio ambiente unisantanna. Ações, palestras e debates tomaram conta do ambiente universitário.


O CICAS realizará no dia 05/06,




um evento de mobilização na Praça Padre João Bosco Penido Burnier.
No Dia do Meio Ambiente, iremos convidar os moradores a realizarem juntos, um mutirão de limpeza na praça, recentemente reformada através do programa Florir da Sub-Prefeitura, porém já em estado precário, pelo vandalismo e falta de consciência da população que ainda insiste em despejar irregularmente todo tipo de lixo pela Praça e arredores do Term. de Cargas Fernão Dias.
A reforma da Praça que não recebeu iluminação e acabamento adequado, ainda apresenta um aspecto velho e abandonado, o que causa medo e a não apropriação da população com o equipamento disponibilizado. Fato este, que vem prejudicando desde a sua fundação, o projeto de ação comunitária e cultural - (CICAS - Centro Independente de Cultura Alternativa e Social).
Tentando aproximar o interesse da nossa comunidade pelo bem público, convidamos a todos a participarem desta ação, que começa pela manhã com intervenções na Praça a partir das 10h.
Mutirão de Limpeza e Plantio, Teatro de Rua, Almoço Comunitário no CICAS e Música ao Vivo durante a Tarde.